Velocidade

Robert Bruce
 
As três velocidades como definidas por, S. Muldoon, e comumente aceitas, são apenas um guia básico.

Elas são:

1. Velocidade de caminhada.

2. Velocidade de um carro.

3. Viagem instantânea.

Eu penso que essas três velocidades foram um sinal de tempos passados. Essas teriam sido os únicos tipos de velocidade conhecidos pela maioria das pessoas. Hoje, filmes, jogos de computador e viagens aéreas prepararam completamente as nossas mentes para aceitar velocidades muito maiores.

Com prática e bom controle mental, você pode variar a sua velocidade a vontade, desde a velocidade de caminhada até a velocidade supersônica. Esse é um grande problema para o iniciante entretanto, o controle da direção e da velocidade. Tem muito haver com o quanto a projeção é estável e quão experiente você é em aplicar a sua vontade ao movimento.

Viagem Instantânea:

É geralmente aceito que, se você puder visualizar um destino, você poderá se projetar lá instantaneamente, na velocidade do pensamento.

* Eu descobri que isso é altamente inconfiável *

Eu descobri que esse método instantâneo usualmente lhe projeta diretamente para uma localização subjetiva criada pela visualização de seu destino. Você pode parecer estar em seu destino mas você irá usualmente descobrir muitas discrepancias entre a localização real e o local onde está.

A viagem instantânea é muito semelhante a projeção em realidade virtual. Utilizando seus poderes de visualização para viajar, você não viajará realmente. Você criará uma cópia subjetiva de um destino e entrará nela.

Viagem de Longa Distância:

Eu descobri que é mais confiável seguir a superfície para projeção de curta ou média distância, de até algumas milhas (1 milha = 1,609 km). Mesmo isso pode ser difícil porque é fácil cair no efeito Alice enquanto você viaja. Tudo que você tem que fazer é perder a concentração uma vez e você irá para um plano de sonho. Controle mental estrito deve ser mantido todas as vezes quando estiver viajando em tempo real.

Realmente não é prático seguir a superfície para uma longa distância. Por exemplo, um país no outro lado do mundo está a 12000 milhas de distância. Você precisaria viajar a, aproximadamente, 64 vezes a velocidade do som para chegar lá em 15 minutos. A essa velocidade toda na atmosfera, tudo parece uma mancha visual e as nuvens e as características da superfície causam desorientação e uma mudança correspondente de realidade. Qualquer aspecto objetivo em tempo real da projeção será então perdido.

Nota: Novatos em projeção normalmente só conseguem manter-se em tempo real por apenas alguns minutos. Consequentemente, qualquer viagem de longa distância está limitada pela parte em tempo real da projeção.

Para viajar uma longa distância você precisa estudar geografia. Você tem que ser capaz de reconhecer continentes, oceanos, países, estados e cidades. Você também precisa estudar um mapa da sua área alvo e perceber quaisquer referências em terra. Para fazer projeção lá, após isso estar memorizado, você deve entrar em órbita e reentrar na atmosfera sobre seu destino. Conforme você alcance a Terra, você deve ajustar sua aproximação e procurar as características geológicas e as referências em terra ao redor de seu destino.

Orbitando A Terra:

Entrar em órbita é um pouco mais difícil do que parece. Subir até lá é fácil, você simplesmente vai direto para cima, mas parar quando você chega alto o suficiente é difícil. A maioria das pessoas, eu incluso, tendem a sair do sistema solar, as vezes para fora da galáxia. Para evitar isso, é importante controlar a sua velocidade durante a ascensão.

É mais fácil fazer projeção até a lua primeiro, como uma forma de entrar em órbita. Isso lhe dá um grande alvo visual para o qual você pode fazer projeção em instantes. Uma vez lá, é apenas uma questão de se aproximar de volta para Terra, entrar em órbita, e circundá-la até que você esteja sobre o seu alvo. No espaço, longe da atmosfera, não há problemas com o aspecto visual criado pela velocidade.

Até Onde Você Pode Ir?

Não existem limites quanto a distância, destino ou velocidade. Você pode viajar até a galáxia mais distante. A velocidade do pensamento é infinita. É como dobrar o espaço e mover sem se mover. Se você pode ver algo, você pode estar lá....tão rápido quanto isso. Em comparação, a velocidade da luz seria como a de uma lesma. Eu freqüentemente vou para o espaço profundo, aonde as galáxias são apenas pequenas manchas na distância, para pensar e meditar. Isso é fácil, mas o truque é retornar para uma reentrada consciente. A não ser que você tenha um bom conhecimento de astronomia, que eu não tenho, isso é difícil. Seguir o cordão de prata, se você puder ver um, não é prático naquela velocidade, embora ele lhe dê uma direção básica para seguir.

Para retornar de uma projeção de longa distância, sintonize no seu corpo e fique consciente dele. Então tente mover alguma parte de seu corpo físico, exemplo, um dedo do pé ou da mão. Isso o fará retornar a seu corpo, e terminará a projeção com todas as lembranças da experiência-fora-do-corpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Está me ajudando a melhorar!
Beijos de luz
mirna