Outras civilizações de menores portes 4

                                                                                    Planeta Terra - sua origem, sua história, seu destino

INCAS E MAIAS 

Depois da Civilização Meru veio uma Civilização chamada Pirua, depois da qual surgiu a Civilização Inca. Todas essas civilizações localizavam-se na América do Sul. Os incas possuíam uma colônia no Estado de Oaxaca, México. Seu foco central situava-se onde, hoje em dia, fica Mitla.

As civilizações Pirua e Inca perduraram por milhares de anos. O que os arqueólogos encontraram até agora, sobre a civilização Inca, diz respeito á sua época de declínio. As futuras descobertas atestarão o alto nível alcançado por essa civilização.

Os incas possuíam uma cor de pele similar á dos índios americanos; tinham olhos e cabelos escuros. Diferentemente das civilizações do Egito, da Atlantida e do Sahara, os encarnados que formavam as massas do povo inca não eram muito desenvolvidos. Os líderes das civilizações Pirua e Inca, no entanto, eram seres adiantados ao nível de desenvolvimento.

Os incas nutriam grande devoção a Deus e foram-lhes ensinado uma boa compreensão e conhecimento prático da Lei Cósmica e da atividade do Sol Central. O dirigente inca era orientado por Saint Germain, cujo nome naquela ocasião era “Filho Uriel”.

A informação que se segue sobre a civilização Maia foi dada pelo próprio Mestre Ascensionado Saint Germain e a seguir, transcrevo um resumo dessa mensagem: “Muitos anos antes da Dispensação Cristã, uma Idade de Ouro existiu na província do Yucatán. Sob a orientação de seu sábio governante, Kenich Aham ( desde então, um Mestre Ascensionado ), a atividade de Doação da Vida do Sol, sob a direção de Hélios e Vesta, era conhecida e venerada. O ouro era livremente usado para adornar o povo e os Templos, e todo mundo compreendia as Leis de Deus e as obedecia.

Antes de serem conquistados por Cortez, Kenich Aham e os componentes do clero Branco gravaram toda a história construtiva dessa civilização sobre cinqüenta e duas placas de ouro. Essas placas estão preservadas em uma montanha chamada Uxmal, há cinqüenta milhas de Mérida. Para o turista comum de hoje, trata-se apenas de um grande monte de terra, contendo em seu interior e sobre sua superfície remanescentes de vários templos.

Os fluxos de vida que originalmente prestavam assistência a Kenich Aham, em número de 730, algum dia serão responsáveis por tornar esse Foco Visível a toda a humanidade, mostrando que jamais souberam de algo tão glorioso e magnificente.”.

Pouco se fala sobre as civilizações da América do Sul porque existem ainda acertos kármicos a serem feitos na região. Várias centenas de fluxos de vida encarnaram com o objetivo de resolverem esse acerto, e serão eles mesmos, os responsáveis pelas descobertas cientificas e arqueológicas feitas no local e que explicarão muito das civilizações Inca e Maia. Como explicado anteriormente, um local onde houve um massacre que levou a população a morrer com um grande sentimento de temor, registra em seu campo áurico esse magnetismo negativo, precisando de muito trabalho de índole construtiva para ser contrabalançado. A história das civilizações Inca e Maia ainda não terminou de ser vivenciada.

EGITO 

A atuação da Chama da Ascensão, juntamente com seu correto uso do conhecimento e poder, levou o Egito a seu mais alto ápice. Grandes e diversos Templos foram construídos em Luxor por Ramsés II. Seus oráculos tiveram atuação similar ao que, posteriormente, existiu em Delphos, na Grécia.

Quando os oráculos começaram a falar de lugares escondidos, a destruição do Egito veio. Forças destrutivas tinham colocado alguns seres humanos simpatizantes á sua causa, agindo como oráculos nesses lugares. Mais tarde, a queda dessa civilização foi acelerada quando encarnaram fluxos de vida muito adiantados, mas que se rebelaram contra as restrições feitas ás suas paixões e naturezas mais grosseiras ( mau uso de sexo ). Eles também orgulhavam-se de suas realizações intelectuais. Assim, os sacerdotes e sacerdotisas também se envolveram em práticas corruptas, criando seus próprios deuses para enganar a humanidade. Nunca existiu um clero mais corrupto do que o do Egito.

Séculos se passaram. O Egito mergulhou nas trevas e o Templo da Ascensão foi instalado sob o solo e camuflado para ser protegido. Muitos dos primeiros israelitas foram hóspedes do Templo; José, que seria o próximo a ocupar o trono do Egito; Moisés, Aarão, Míriam e aqueles que seriam o instrumental do Êxodo.

A Biblioteca do Templo contém livros de todas as civilizações que já existiram. Os Mestres salvaram alguns do incêndio que destruiu a famosa Biblioteca de Alexandria, e os trouxeram para o Templo da Ascensão. Outros livros, inestimáveis, estão guardados pela Fraternidade e uma pequena parte se encontra no Tibet, na China, mas a quase totalidade da Biblioteca de Alexandria se encontra no Retiro de Teton, nas Montanhas Rochosas. Serão novamente trazidos a público quando existir a certeza de que um incêndio, criminoso e premeditado, como o de Alexandria não mais se repetirá.

Após a civilização egípcia, outras civilizações que a seguiram e atingiram níveis medianamente realizáveis foram as da Caldéia, Babilônia e Grécia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Está me ajudando a melhorar!
Beijos de luz
mirna